Prática de exercícios pode adiar crescimento do câncer de próstata

world-news

Um estudo publicado na revista JAMA Oncology, pela Universidade de Alberta, Canadá, testou a eficácia de treinos intervalados de alta intensidade (HIIT, sigla em inglês) para melhora da aptidão cardiorrespiratória, e a interferência bioquímica desses exercícios nos marcadores e no crescimento tumoral do câncer de próstata.

  • Leia também: O que é câncer de próstata, quais são seus sintomas e como é o tratamento

O estudo contou com 52 participantes do sexo masculino, com média idade de 63 anos, que estão em vigilância ativa para câncer de próstata. Os participantes foram divididos em dois grupos, sendo que um continuou com os cuidados habituais, e o outro participou de um programa de 12 semanas de exercícios.

Estudo mostrou que atividade física pode desacelerar crescimento do câncer de próstataEstudo mostrou que atividade física pode desacelerar crescimento do câncer de próstataFonte:  Shutterstock 

Para aqueles que completaram o programa HIIT, os resultados mostraram uma diminuição dos níveis do antígeno específico do câncer de próstata (PSA), e do crescimento da linha celular do câncer (LNCaP), além de uma melhora nas funções cardiorrespiratórias. Não houve alteração na velocidade de duplicação do PSA e nos níveis de testosterona.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata tende a ser uma dos mais velhos, em que 75% dos casos ocorre em pessoas com mais de 65 anos. No Brasil, é o segundo tipo mais comum de tumor em homens.

Apesar dos resultados positivos, os pesquisadores informam que mais estudos devem ser realizados, para que se verifique se as mudanças observadas se estendem a longo prazo.

ARTIGO JAMA Oncology: doi.10.1001/jamaoncol.2021.3067