Gana confirma duas mortes causadas pelo vírus Marburg

world-news

Gana declarou um surto da doença causada pelo vírus Marburg após a confirmação da morte de duas pessoas causada pelo patógeno. É a primeira vez que o país africano enfrenta um surto da doença. A informação foi confirmada em um comunicado da Organização Mundial da Saúde (OMS) enviado à imprensa.

Os pacientes, que não se conheciam, tiveram sintomas como diarreia, febre, náusea e vômito antes da morte. Um dos pacientes era um homem de 26 anos de idade, morto no dia 27 de junho; o segundo, também homem, tinha 51 anos de idade e morreu no dia 28 de junho. Ambos foram atendidos no mesmo hospital.

marburgO vírus Marburg pode ser transmitido para humanos por morcegos de fruta; transmissão entre pessoas também é possível

Segundo a OMS, mais de 90 contatos, incluindo profissionais da saúde e outras pessoas da comunidade local, foram identificadas e estão sob monitoramento.

A doença do vírus de Marburg é classificada pela instituição como altamente infecciosa. O vírus é da mesma família do causador do Ebola.

Com base em dados de surtos anteriores, a doença pode matar de 24% a 88% das pessoas infectadas; a média é de 50%.

Em agosto do ano passado, um surto do vírus havia sido confirmado na Guiné, e contido naquele mesmo ano.

A doença de Marburg pode ser transmitida de animais, como morcegos de fruta, para humanos. Entre pessoas, a transmissão ocorre por contato direto com fluídos corporais dos contaminados ou com superfícies e materiais contaminados. Ainda não existem remédios ou vacinas aprovados contra a doença, e o tratamento consiste em tratar os sintomas e fazer a reidratação do paciente.